Charge, Cartum e Caricatura – Qual a diferença?


Charge, Cartum e Caricatura
Rafael Lima

Rir de uma caricatura, comentar a charge do dia, lembrar daquele antigo pôster do Ziraldo todo mundo gosta. Mas a galera aí sabe a diferença entre charge, cartum e caricatura? Sabe o que é uma piada muda e o que é uma história em quadrinhos?Vamos por partes, como um quebra-cabeça. Etimologia: charge vem do francês, carga. Como explica Jô Soares no prefácio do livro do chargista Ique, Brasileiras & Brasileiros: “Charge, carga, não da brigada, mas sempre ligeira, desafio infindável. Charge, carga, obrigação de ser mordaz com hora marcada.” Mais simplesmente, “a chance de dar um tiro de canhão por dia”, definição ouvida por este colunista num debate. Cartoon, do inglês, cartão, tem origem num fato histórico. Em Londres, 1841, o príncipe Abbert encomendou uma série de desenhos para os novos murais de Westminster, e os artistas rejeitados, em represália, fizeram uma mostra de humor toda em cartão. A revista inglesa Punch, a mais antiga em humor do mundo, publicou os cartoons, dando novo significado à palavra.

Aqui no Brasil, o cartoon ganhou jogo de cintura e virou cartum, como narra o pai da criança, Ziraldo: “no Brasil, a gente tinha que grifar, já que era palavra estrangeira. Ficava uma coisa chata. Então eu fui falar com o Aurélio, contei a ele que tinha criado a palavra e ele disse que ia dicionarizá-la. Logo depois, em 1967, um diretor do Jornal dos Sports que estava querendo fazer grandes mudanças me chamou para fazer um caderno de humor. No título já fui colocando a grafia nova: ‘Cartum JS'”. O neologismo apareceu pela primeira vez na revista Pererê, de fevereiro de 1964, do mesmo Ziraldo.Parole, parole. Mas quem é quem nesse saco de gatos?

Chico Caruso fez uma distinção bem clara, valendo-se de uma analogia cinematográfica (vai com aspas, mas a citação é de cabeça): “Se você afasta a câmera, pegando o plano geral, sem detalhes, e a piada é universal, como a do náufrago, é um cartum.” Então todos aqueles desenhinhos sem palavras do Quino são cartuns, as vinhetas do Borjalo também e as marginais do Mad, feitas pelo Aragonés, idem. “Se você aproxima a câmera, pegando o chamado plano americano — da cintura pra cima — e localiza a piada, aí é charge.” Fica fácil ver que todas essas piadas políticas, que aparecem nas manchetes ou nas páginas de opinião dos jornais são charges.

Os quadrados que Ique, Chico e Paulo Caruso, Angeli, e Claudio Paiva ocupam ou ocuparam nos jornais do Rio e São Paulo foram sempre ocupados com charges. “E se você fecha a câmera só na cabeça, o close, é caricatura.” Ou seja, aqueles retratos deformados que fizeram o nome do Álvarus, do Cássio Loredano, do Liberati, do Al Hirschfeld na New Yorker, do Nássara.

Agora entendi.Peraí, mas e… os quadrinhos? Quadrinhos são coisa bem mais complexa, porque se valem de elementos da pintura, ilustração, literatura, cartum, charge, caricatura e até cinema, podendo trocar influências e idéias num toma lá dá cá que às vezes é só toma lá, às vezes é só dá cá.

Além disso, como Will Eisner colocou em seu livro, quadrinhos são arte sequencial, ao contrário da charge e do cartum, que se resolvem em um só quadro. Bill Sienkievicz se notabilizou por usar a caricatura para caracterizar o lado grotesco de alguns personagens, utilizando diversas técnicas de pintura.

Angeli usa a sequência, típica dos quadrinhos, em suas charges políticas. Aroeira usa outro elemento dos quadrinhos, o balão, fartamente em suas charges. Jaguar usa o balão em cartuns. Quando não há uso do balão num cartum, e o texto não aparece abaixo do desenho, como diálogo ou título, expediente comum a Carlos Estevão, o cartum é conhecido como piada muda.

  Charge e Cartum são textos em que o autor manifesta opinião crítica sobre determinado assunto. Qual o assunto que se destaca nas charges. A charge, mais do que um desenho, é a transmissão de uma opinião sobre pessoas e acontecimentos.  

Neste site tem seções de livros on line, sites de história e cultura, vídeos históricos e educacionais. É muito legal!

 http://www.atica.com.br/historia/gislaneereinaldo/professor_imagem_2.asp

Charge, cartum, caricatura, é tudo a mesma coisa?
Apesar de muitas vezes esses termos serem usados como sinônimos, existem diferenças entre eles. Vamos conhecê-los melhor:

Caricatura: tem sua origem na Itália do século XVII, derivado da expressão ritratti carichi ou retrato carregado. A caricatura retrata figuras humanas, exagerando no desenho algumas características físicas da pessoa.
Charge: aborda fatos ou acontecimentos específicos. Sua compreensão é maior quando se conhecem os contextos sociais, econômicos, políticos e/ou culturais que levaram a sua elaboração.
Cartum: é um desenho humorístico que se dedica a temáticas mais abrangentes da sociedade, tendendo a ser menos comprometido com o dia a dia dos fatos e mais universal. São temas comuns: o bem e o mal, a guerra, a infidelidade conjugal, etc. Assim, sua compreensão é atemporal, podendo, portanto, ser entendido por pessoas de diferentes épocas e lugares, uma vez que a contextualização típica de uma charge não é necessária. Frequentemente vem acompanhado da linguagem escrita também.

O escritor Rui Barbosa em caricatura feita por J. Carlos. Créditos J. Carlos Revista Careta

Charge do voto de cabresto mostrando o político levando o eleitor para votar, do cartunista Storni, publicada na revista Careta no. 974, de 1927. Créditos Storni Revista Careta Biblioteca Nacional.

Exposição Internacional Ecocartoon em Brasília

Publicado em 09.06.2009 por Pauta Social

Foto: divulgação

Meio ambiente está na mira da Ecocartoon 2009

desenho do 1º colocado – Omar Figueroa

1º colocado do Ecocartoon 2009 - Omar Figueroa - Espanha

Mostra com charge, cartum, caricatura e tiras de humor de desenhistas de diversas regiões do Brasil e de mais 25 países fazem parte da exposição do 2º Salão Internacional de Humor do Pátio Brasil sobre meio ambiente. O concurso promovido pelo shopping contou com 612 trabalhos inscrit0s, sendo 67 do Brasil,e destes foram selecionadas 140 obras, que ficaram expostas na Praça Central do shopping. A exposição também fez parte das ações promovidas pelo Pátio Brasil em comemoração à Semana Mundial do Meio Ambiente.

Foram apresentados os trabalhos que melhor ilustram o tema do concurso: Poluição Urbana. Para a seleção e premiação das obras foram obedecidos critérios de criatividade, originalidade e pertinência com o tema proposto.

O Pátio Brasil comemora os resultados alcançados no 2º Salão. Ficamos muito contentes com os números atingidos nesta edição do concurso. Tivemos um aumento de mais de 100% de trabalhos inscritos em relação ao ano passado e contamos com a participação de representantes de 49 países diferentes, comenta o gerente de marketing do shopping, Renato Horne. Os ganhadores receberam os seguintes prêmios: o 1º lugar R$ 4 mil; o 2º lugar R$ 2 mil; o 3º lugar R$ 1,5 mil; e o vencedor no júri popular recebeu R$ 750.

Os vencedores do 2º Salão Internacional de Humor do Pátio Brasil sobre meio ambiente são: 1º lugar Omar Alberto Figueroa (Espanha) 2º lugar Paulo Volmar Mattos (Porto Alegre – RS) 3º lugar Ali Shahali ( Estados Unidos).

 http://rquadrinhos.blogspot.com/2010/12/colecoes-inesqueciveis-da-disney-no.html

http://www.universohq.com/quadrinhos/news_brasil_indice.cfm

http://www.dicasdodia.net/2006/08/curso-de-desenho-gratuito.html

Ziraldo é um expoente nos quadrinhos do Brasil, vale muito a pena dar uma investigada na obra dele. A Turma do Pererê, O Menino Maluquinho são destaques das suas criações. Dê uma clicada no link abaixo:

http://www.ziraldo.com/historia/home.htm#top

Tem uma turma que nasce com o dom de desenhar e está querendo aprimorar seu talento. O mundo de técnicas e materiais utilizados nesta arte é vasto, visite o site abaixo e descubra o quanto de conhecimento você pode adquirir.

O Curso Impacto no Rio:

Rio de Janeiro

Rua Arnaldo Quintela 112, ( Próximo ao Metrô Botafogo ) – Tel. (21) 2471-9547/ (21) 7695-7088  

http://www.impactoquadrinhos.com.br/escola/

http://www.aprendebrasil.com.br/catalogo/catalogo_lista.asp?id=984&pg=1

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s